National Mall

O National Mall é um parque extenso repleto de jardins localizado no coração da cidade. Lá é centro turístico e o ponto mais visitado de Washington DC. Ao redor desse parque estão localizados os monumentos mais famosos da cidade e a maioria dos museus Smithsonian.

Antes de ler o post a seguir, recomendo olhar o mapa a seguir para se situar melhor:

Um aspecto muito famoso da capital norte-americana é o fato de a maioria dos museus serem de graça e da instituição Smithsonian, um grupo que contém mais de 20 museus espalhados pela cidade + o zoológico nacional . Essa é uma forma de o governo incentivar a cultura para os turistas e para os próprios americanos. Todos os museus Smithsonian são enormes, e contam com salas de cinema, apresentações, lojinhas e inúmeras exposições.

Eu já estive em vários dos museus, mas aqui vou falar de somente alguns:

  1. Smithsonian National Air and Space Museum (Museu do Ar e do Espaço): Ele conta desde o começo da história da aviação com os irmãos Wright até os Airbus que usamos hoje em dia para voos comerciais. É um museu interessante para quem gosta de aviões e para quem quer saber mais sobre a história da aviação no espaço, como: o Apollo, a corrida espacial na Guerra Fria, satélites e muito mais. 
  • Se voce tiver um dia a mais em Washington DC e gostar do Air and Space Museum do National Mall, recomendo ir na sua extensão em Chantilly, Virgínia. O Steven F. Udvar-Hazy Center fica há 15 minutos de ônibus do Dulles International Airport (assim também da para ir quando aterrisar em Washington DC se vier por esse aeroporto) ou há 1 hora e 20 minutos de Metrô e ônibus do centro da cidade. O museu é bem interessante para quem gosta de ver aviões comerciais e antigos que foram usados em momentos históricos e em importantes guerras durante o século XX. O lugar é um hangar gigante onde possuí mais de 150 aviões (originais e réplicas) e uma sessão do espaço (aonde fica o Space Shuttle Discovery original). 
  1. Smithsonian National Museum of Natural History (Museu de História Natural): É um dos maiores museus de história do mundo e possuí uma variedade enorme de exposições, por exemplo: a história da evolução, vida marinha, minerais e pedras preciosas, uma sessão das melhores fotografias tiradas da natureza pelo National Geograohic e muito mais!
  2. Smithsonian National Museum of American History (Museu da História Americana): Um lugar totalmente patriota e que conta cada detalhe da história dos Estados Unidos, suas evoluções tecnológicas, movimentos etc.
  3. Ao lado do National Gallery of Art (Museu Nacional de Arte) tem o Sculpture Garden (Jardim das Esculturas), que no verão todo dia tem uma apresentação de Jazz e é lotado de gente. Bem no centro do jardim tem uma fonte de água onde muita gente tira o sapato e coloca os pés na água para se refrescar. Como o nome diz, também é lotado de esculturas. Durante o Inverno, a fonte se transforma em uma área de patinação no gelo.
  4. Para quem se interessa pela História do Holocausto, também há o United States Holocaust Memorial Museum, que mesmo não fazendo parte da instituição Smithsonian também é de graça e fica ao lado do National Mall. O museu é interessante e conta toda a história do Genocídio que aconteceu durante a 2ª Guerra Mundial.
  5. Outro museu interessante e que também não faz parte do Smithsonian é o Federal Bureau of Engraving and Printing, aonde é impresso o dólar americano. Apesar de só estar aberta uma pequena parte do prédio para visitantes (por razões óbvias), o tour é bem interessante. Mesmo sendo de graça, para conseguir um ingresso é um pouco complicado. Todo dia de manha (de segunda a sexta) a bilheteria do BEP abre para turistas e tem um limite de ingressos disponíveis válidos para apenas aquele dia. A bilheteria abre as 8 da manhã e sempre tem fila de pessoas já esperando para adquirir os tickets. Assim que for sua vez, se ainda tiver ingresso, voce pode escolher os horarios das opções disponíveis para visitar dentro do BEP e ver aonde mais de 1 bilhão de dólares são impressos por dia. A loja de souvenirs é aberta a todos (não precisa de ingresso). Infelizmente lá dentro é proibido tirar foto, mas vale a muito a pena a visita. O Federal Bureau of Engraving and Printing fica ao lado do Museu do Holocausto.

Além de museus, o National Mall é conhecido por seus monumentos e atividades outdoors, aqui vão os principais locais para visitar:

  • Washington Monument: um dos símbolos da capital norte-americana que é uma homenagem ao 1º presidente dos Estados Unidos, George Washington.
  • World War II Memorial (memorial da Segunda Guerra Mundial) e o Vietnam Veterans Memorial, uma homenagem aos 58,203 soldados americanos que morreram lutando na Guerra do Vietnã entre 1955-1975.
  • Lincoln Memorial: construído em homenagem ao Abraham Lincoln, 16º presidente dos Estados Unidos e quem escreveu a 1º constituição dos Estados Unidos. Em frente ao monumento tem a famosa Reflecting Pool (Piscina Refletora) que também faz parte do memorial.
  • Perto do National Mall, tem um reservatório de água que separa o rio Potomac do canal de Washington DC. Este lugar é chamado de Tidal Basin e é onde fica localizado o Thomas Jefferson Memorial, uma homenagem ao mais importante escritor da Declaração de Independência dos EUA e o Martin Luther king Jr. Memorial, famoso ativista negro que lutou pelos direitos humanos na década de 60.
  • Um dos principais motivos de vários turistas do mundo inteiro visitarem Washington DC, é para ver de perto a Casa Branca. A região da Casa Branca não fica no National Mall mas pode ser considerada uma extensão do grande parque. Existem dois locais para ver a Casa Branca: um é na frente da Elipse (um jardim enorme) onde tem uma visão da Casa mais de longe, e outra é na Lafayette Square, o lugar mais perto que turistas podem chegar da Casa. Visitar o monumento por dentro é algo quase impossível, pois necessita pedir autorização para embaixada americana com no mínimo 3 meses de antecedência de sua visita.
  • A Lafayette Square é um calçadão que é conhecida por ser o local mais perto que turistas podem chegar da Casa Branca. Lá também tem outro museu Smithsonian, que é o menor de todo o grupo de museus da instituição, o Renwick Gallery of the Smithsonian American Art Museum (Museu de Arte Americana). Ele é do tamanho de uma casa e só contém dois andares. As exposições deste museu não são permanentes e mudam com frequência.
  • Ao lado da vista que é mais longe da Casa Branca (da Elipse), tem o White House Visitor Center, o centro de visitantes da Casa Branca. É um museu curto que conta toda a história do monumento em que vive o presidente dos Estados Unidos. A entrada também é de graça.
  • Capitol Hill é um bairro residencial de Washington DC e que começa a partir do US Capitol (Capitólio) localizado dentro do National Mall. O Capitólio é o Congresso dos Estados Unidos, e assim como a Casa Branca, para fazer uma visita por dentro é muito difícil. Desta forma, também há o United States Capitol Visitor Center (centro de visitantes do Capitólio), que não precisa de hora marcada e também é de graça. Diferente da Casa Branca, o Visitor Center do capitólio é dentro do prédio oficial e só pode andar acompanhado de um guia (se reserva uma excursão na hora). A biblioteca do congresso também é localizada no bairro de Capitol Hill e tem um acesso por dentro do Capitólio. A biblioteca é um dos estabelecimentos mais antigos dos Estados Unidos e hoje está aberta para visitantes.

Na parte de trás do National Gallery of Art, fora do National Mall está localizado o Newseum. Um museu inteiro de notícias que conta a história desde a invenção da câmera até as atuais eleições dos Estados Unidos, contando com os principais acontecimentos do mundo. O lugar é muito interativo e interessante para todo mundo que vai visitar. Com todo o conteúdo, o museu também é extenso.

Gostaram? Dúvidas? Deixem seus comentários aqui.                                                      Acompanhem mais fotos no instagram do Tripglobe!!!