Região Norte 

Golan: As colinas do Golan é a região aonde fica localizada as maiores montanhas do norte de Israel, inclusive o Monte Hermon no qual da para esquiar durante o Inverno. Eu conheci essas montanhas através de um passeio de Jipe pela neve (no Inverno). Vimos paisagens lindas e um hospital antigo utilizado pelos árabes na guerra dos seis dias. Este passeio é bem divertido e termina com um almoço especial em uma aldeia Drusa no meio da montanha. 

Tibérias ou Tveria é uma pequena cidade localizada na região norte de Israel as margens do mar da Galiléia (Kineret). Por mais que esse mar seja de água salgada, ele é uma das principais fontes de água doce do país que passa por dessalinização. O Kineret fica a 200 metros abaixo do nível do mar o que faz Tveria ser a cidade mais baixa do país. Apesar de ser pequena Tibérias é uma das 4 cidades mais sagradas para o judaísmo. 

Na marina da cidade tem um calçadão e diversos passeios aquáticos para comprar pelo Mar da Galiléia. Eu fiz o de Catamarã aonde vimos toda a vista de Tveria com um lindo por do sol sobre a cidade velha.

Katzrin: Katzrin é a capital das montanhas do Golan. O nome também faz referência a uma antiga vila talmúdica muito importante para o povo judeu. Hoje em dia o lugar foi restaurado (mesmo que grande parte é ruínas) e é interessante de visitar.

Rosh Pina: Uma aldeiazinha judaica muito pequena, estreita e gostosinha de passear no fim de tarde e começo da noite. A história dela é baseada em sua construção que foi dada pelo barão de Rotschild. Em 40 minutos dá para conhecer a aldeia inteira, comer um chocolate e ainda ver a vista do mirador da vila. Não é um ponto turístico de Israel, mas sim um lugar diferente de visitar e que sugiro se estiver por perto.

Cesaréia: Uma antiga cidade portuária a 30 minutos para o norte de Tel Aviv. Hoje em dia é um parque arqueológico que conta a história do antigo porto, quais impérios passaram por lá e muito mais. É um lugar bacana de conhecer e apesar de vários artefatos estar em ruínas existe ainda um antigo anfiteatro romano utilizado nos dias de hoje para apresentações ao ar livre.

Haifa: A parada que fizemos em Haifa, foi para observar e aprender um pouco sobre a religião criada no século XIV, o Baha'i. Paramos na frente do sagrado Baha'i Garden que é muito bonito de contemplar e muito grande para caminhar. Atrás dele está o grande porto de Haifa.

Rosh Hanikra: São grutas localizadas bem ao Norte de Israel onde é a atual fronteira com o Líbano. Este passeio é muito divertido para toda a família e é feito dentro de cavernas. Quando fomos no Inverno, as ondas que batiam na costa estavam muito altas, por conta disso, a grande maioria das grutas estavam interditadas. Já no verão, as ondas estavam muito calmas e deu para aproveitar o passeio sem se preocupar com nenhum tipo de perigo. Assim sugiro antes de ir para lá se informar como está o estado do mar para ter um melhor proveito do passeio. Depois de observar as cavernas, ainda fomos visitar a fronteira Israel-Líbano e tirar uma foto bem interessante. Abaixo tem fotos do Verão e Inverno em Rosh Hanikra.

Tzfat ou Safed é uma pequena cidade histórica localizada um pouco mais ao norte de Tibérias. A cidade é a mais alta de Israel em relação ao nível do mar e é também uma das 4 cidades sagradas para o judaísmo. Tzfat foi onde começou a Kabalah, os estudos sagrados e místicos da Torah (bíblia judaica). A cidade foi fundada no final do século XIV quando os reis de Castela (hoje Espanha) expulsaram os judeus da Península Ibérica durante a Inquisição. 

Banias (Hermon Stream Natural Reserve) é um parque nacional bem ao Norte quase na fronteira com a Síria. e o Líbano. No Século IV A.C quando Alexandre, o Grande conquistou o Oriente Médio ele achou essa região parecida com a Grécia e construiu palácios (que hoje está em ruínas) para se lembrar de casa. 

Gostaram? Dúvidas? Deixem seus comentários aqui.                                                     Acompanhem mais fotos no instagram do Tripglobe!!!